Andrew Mason permanece como CEO do Groupon

Fundador do site de compras coletivas tinha afirmado que poderia se demitir da função - caso fosse vontade do conselho

São Paulo – Na última quinta-feira, ocorreu uma reunião do conselho administrativo do Groupon, na qual a saída de Andrew Mason, CEO e fundador da companhia, seria discutida, mas, segundo a empresa, Mason vai permanecer na sua função.

O empresário chegou a afirmar dias antes que poderia pedir demissão, caso fosse necessário. “Se eu pensasse, por algum momento, que eu não fosse o cara certo para o cargo, eu seria o primeiro a me demitir”, disse ele, em conferência.

Um porta-voz do Groupon afirmou, no entanto, que a empresa está focada, neste momento, em melhorar o seu desempenho e todos estão trabalhando para alcançar os objetivos da companhia..

Desde a abertura de seu capital, em novembro do ano passado, o Groupon vem patinando no mercado e já perdeu cerca de 80% de seu valor de mercado.