Anac não se manifesta sobre pedido de recuperação de Viracopos

Anac informa que a manutenção dos serviços aos passageiros e companhias aéreas continua sendo responsabilidade da empresa que administra o terminal

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) não se manifestará sobre o pedido de recuperação judicial do Aeroporto de Campinas até ter detalhes sobre a medida anunciada pela concessionária, mas nota que a empresa deve continuar com a operação. Sócia da Aeroportos Brasil no terminal, a estatal Infraero não se pronunciará sobre o tema.

Em nota, a Anac informa que a manutenção dos serviços aos passageiros e companhias aéreas continua sendo responsabilidade da empresa que administra o terminal. “Cabe destacar que a concessionária permanece responsável pela manutenção dos níveis de qualidade dos serviços prestados aos passageiros, conforme estipulado no contrato de concessão e acompanhado pela Anac”, cita a agência.

Sócia com 49% da concessionária que administra o terminal do interior paulista, a estatal Infraero disse que informações sobre o tema devem ser solicitadas à Aeroportos Brasil, sócia da Infraero, cujos acionistas são a Triunfo, UTC e Egos.