Americana Walgreens pode comprar BR Pharma, do BTG

Concorrente da CVS, dona da Onofre, Walgreeens estaria interessada em se estabelecer no Brasil

São Paulo – A rede de farmácias americana Walgreens estaria interessada em entrar no mercado brasileiro. Para isso, estaria em negociações com a BR Pharma, divisão de varejo farmacêutico do BTG Pactual.

As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

Concorrente direta da CVS, a rede Walgreens teria entrado em contato há dois meses, mas o valor oferecido estava aquém do esperado pela BR Pharma.

Em 2013, a CVS adquiriu a rede Onofre, depois de contratar o Pátria Investimentos para negociar investimentos no Brasil. 

Já a Walgreens começou a ampliar seus negócios em 2012. A rede adquiriu 45% da inglesa Alliance Boots, que se tornou seu braço expansionista. A aquisição – que envolve pagamento em dinheiro e ações – foi fechada pelo valor de 6,7 bilhões de dólares.

A BR Pharma é hoje a terceira maior rede de farmácias do Brasil. Em 2009, o BTG começou a comprar redes regionais com o objetivo de construir o maior grupo do país no setor.

Foram sete aquisições para fazer da BR Pharma o que ela é — uma companhia com 1 186 unidades e valor de mercado de quase 2 bilhões de reais.

No entanto, a rede farmacêutica do BTG Pactual fechou o ano passado com prejuízo de R$151,3 milhões. No segundo trimestre deste ano, continuou no vermelho, prejuízo líquido de R$ 143,1 milhões, ante lucro líquido ajustado de R$7,8 milhões um ano antes.

Em julho, a Moody’s rebaixou o rating da BR Pharma para B1, de Ba3, na escala global. Na escala nacional, a nota caiu para Baa3, de A2.