American Express registra lucro de US$ 2,01 bilhões no 4º trimestre

Resultado superou expectativas e reverteu prejuízo de US$ 1,206 bilhão registrado nos últimos três meses de 2017

São Paulo – A American Express registrou lucro líquido de US$ 2,01 bilhões no quarto trimestre de 2018, ou US$ 2,32 por ação, revertendo o prejuízo de US$ 1,206 bilhão registrado no último trimestre de 2017, o que equivaleu a perda líquida de US$ 1,42 por ação. O resultado superou as estimativas de analistas ouvidos pela FactSet, que esperavam ganho líquido de US$ 1,80 por ação.

A receita da companhia americana, por sua vez, ficou em US$ 10,47 bilhões, superando os US$ 9,707 bilhões registrados entre outubro e dezembro de 2017 – um aumento de 8%. Mesmo assim, o resultado frustrou analistas, que esperavam receita de US$ 10,6 bilhões.

Considerando todo o ano de 2018, a American Express registrou receita de US$ 36,878 bilhões, o que equivale a um avanço de 9% em relação ao ano anterior. Já o lucro líquido foi de US$ 6,921 bilhões no ano passado ante US$ 2,748 bilhões registrados em 2017. Por ação, o ganho foi de US$ 7,91, superando as estimativas da própria empresa, que projetava lucro por ação entre US$ 7,30 e US$ 7,40.

Após a divulgação do balanço, a ação da American Express caía 2,77% nos negócios do after hours em Nova York, por volta das 19h30 (de Brasília), após a decepção com a receita do quarto trimestre.