América Móvil tem lucro de 7 bi de pesos mexicanos no 2º tri

Valor representa uma queda de 45,2% em relação ao mesmo período do ano passado

São Paulo – A gigante mexicana do setor de telecomunicações América Móvil informou que seu lucro líquido recuou para 7,7 bilhões de pesos mexicanos no segundo trimestre de 2016, uma queda de 45,2% em relação ao mesmo período do ano passado, quando a empresa registrou lucro líquido de 14,05 bilhões. O resultado do segundo trimestre de 2016 equivale a 0,12 peso mexicano por ação.

A receita da empresa, por outro lado, teve alta de 6,1% e foi para 233 bilhões de pesos mexicanos, de 220 bilhões no segundo trimestre de 2015.

No balanço, a dona da Claro no Brasil informou que chegou ao fim de junho com uma base de linhas móveis pós-pagas 5,9% maior na comparação anual, enquanto o número de linhas pré-pagas recuou 4,2%, ou 1,6 milhão, a maioria no Brasil.

Na plataforma fixa, o número de assinantes subiu 3,6%, puxado pelo aumento da banda larga, que avançou 8,9% em relação ao mesmo período do ano passado.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda), uma medida de fluxo de caixa operacional, caiu 10,7% no ano na moeda local, para 61 bilhões de pesos mexicanos.

O principal motivo citado pela empresa para a queda do Ebitda é a perda de receitas no México, que causou uma redução de 21,9% nos lucros operacionais. (Flavia Alemi – flavia.alemi@estadao.com)