Amazon quer comprar empresa de celulares pré-pagos, dizem fontes

A Amazon considera comprar o serviço de internet sem fio de celulares pré-pagos Boost Mobile de duas operadores americanas

A Amazon está interessada em comprar o serviço de internet sem fio de celulares pré-pagos Boost Mobile das operadoras norte-americanas T-Mobile e Sprint, disseram duas fontes a par do assunto na quinta-feira.

A Amazon está considerando comprar a Boost – atualmente uma das marcas pré-pagas da Sprint – principalmente porque o acordo permitiria que ela usasse a nova rede sem fio da T-Mobile por pelo menos seis anos, disse uma das fontes.

A Amazon também estaria interessada em qualquer espectro de internet sem fio que pudesse ser vendido, disse a fonte.

A Amazon se recusou a comentar. A T-Mobile e a Sprint não responderam imediatamente às solicitações de comentários.

Não ficou imediatamente claro por que a maior varejista online dos EUA desejaria a rede sem fio e o espectro.

A Amazon já vem desenvolvendo experiência oferecendo chamadas telefônicas através do seu produto Echo Connect, que usa o serviço de telefone residencial de uma pessoa e permite que a Alexa faça chamadas telefônicas.

Este mês, analistas da Cowen estimam que o Boost tenha de 7 milhões a 8 milhões de clientes e uma transação poderia ser avaliada em 4,5 bilhões de dólares se incluir o espectro sem fio, ou as ondas de rádio que transportam dados e instalações.

A Sprint não divulgou o número de clientes da Boost.