Amazon planeja expandir negócio de TV em grande parte da Europa

Com cada vez mais telespectadores cancelando assinaturas de TV a cabo, a Amazon pretende que o Fire TV se torne o decodificador de fato da era da Internet

A Amazon.com quer aumentar sua presença entre telespectadores europeus.

A empresa planeja lançar o Fire TV em vários novos mercados e expandir sua presença em mercados existentes, como Reino Unido e Alemanha, de acordo com pessoas com conhecimento do assunto. A Amazon detalhará os planos, bem como acordos com empresas de mídia, em um evento a ser realizado na Europa na próxima semana, disseram as pessoas, que pediram anonimato porque o projeto ainda não foi anunciado.

O Fire TV permite que espectadores transmitam catálogos de programas e filmes da Netflix e da própria Amazon em seus televisores. A empresa não quis comentar.

Com cada vez mais telespectadores cancelando assinaturas de TV a cabo, a Amazon pretende que o Fire TV se torne o decodificador de fato da era da Internet. A empresa oferece um conjunto de produtos: um decodificador Fire TV, um aparelho que pode ser conectado a uma TV e um sistema operacional que pode ser usado em televisores inteligentes de fabricantes terceirizados.

Com o Fire TV, Amazon tenta aumentar o uso de seu aplicativo Prime Video, um dos maiores serviços de streaming do mundo, pois é fornecido com o serviço de assinatura de compras Prime, que possui mais de 100 milhões de usuários. A empresa também usa o Fire TV para coletar dados de espectadores que podem ser vendidos aos anunciantes. A publicidade em serviços de vídeo fornecidos pela Internet é uma das categorias que mais crescem no mundo.

A Amazon é a segunda maior no mercado de sistemas operacionais de TV on-line e decodificadores, depois da Roku, que criou o mercado. Ambas as empresas dizem ter dezenas de milhões de contas de usuários, e analistas estimam que, juntas, as companhias controlam cerca de 70% do mercado. A Roku lidera o segmento com uma participação de quase 40%.

Mas nenhuma empresa estabeleceu uma grande base fora da América do Norte. A Roku se expandiu no México e grande parte da Europa Ocidental, mas ainda obtém quase todos seus usuários e vendas nos EUA, seu país de origem.

No ano passado, a Amazon fechou um acordo na América do Norte com a Best Buy para vender TVs fabricadas pela Insignia e Toshiba com o Fire TV. Esses modelos não estão disponíveis nos mercados europeus, onde a presença da Amazon geralmente se limita às vendas de várias versões do Fire TV Stick.