Amazon engaveta planos de vender e distribuir medicamentos para hospitais

Mudança no plano reflete em parte o fato de a Amazon não ter conseguido convencer grandes hospitais a mudar seu processo tradicional de compra

A gigante norte-americana de comércio eletrônico Amazon engavetou planos de vender e distribuir produtos farmacêuticos para hospitais, reportou a CNBC nesta segunda-feira, citando fontes familiarizadas com o assunto.

A mudança no plano reflete em parte o fato de a Amazon não tem conseguido convencer grandes hospitais a mudar seu processo tradicional de compra, segundo a reportagem.

A Amazon não respondeu imediatamente a pedido de comentário.

A reportagem impulsionou as ações de distribuidores de medicamentos nos Estados Unidos, incluindo McKesson, Cardinal Health e AmerisourceBergen.