ALL tem alta de 10,4% no Ebitda do 4º trimestre

Companhia registrou lucro antes de juros, impostos, depreciação, amortização (Ebitda) ajustado de R$ 332 milhões nos três últimos meses de 2012

São Paulo – A operadora logística ALL divulgou nesta quinta-feira alta de 10,4 por cento na geração de caixa operacional do quarto trimestre na comparação com o mesmo período de 2011, apoiada em crescimento no volume transportado e aumento de tarifas de frete ferroviário no Brasil.

A companhia registrou lucro antes de juros, impostos, depreciação, amortização (Ebitda) ajustado de 332 milhões de reais nos três últimos meses de 2012, em termos consolidados, ante 300,7 milhões apurados no quarto trimestre de 2011. No ano, o Ebitda cresceu 6,8 por cento, a 1,684 bilhão de reais.

A empresa transportou um volume 4,6 por cento maior no consolidado do grupo no quarto trimestre. No Brasil apenas, onde a empresa mantém a maior parte de sua rede ferroviária, o volume transportado por trilhos nos três últimos meses de 2012 subiu 7,2 por cento, enquanto o Ebitda ajustado cresceu 15,1 por cento, para 324,3 milhões de reais. No país, o yield médio, indicador de tarifas de frete, subiu 5,5 por cento com repasses de custos com diesel e inflação.

Em 2012 como um todo, o volume transportado pela ALL no Brasil cresceu 5,3 por cento, abaixo da previsão de longo prazo de expansão anual de 10 por cento, “impactado por um difícil cenário de mercado no primeiro semestre de 2012, com a queda de 15,6 por cento na primeira safra agrícola e uma fraca produção industrial ao longo do ano”, informou a empresa em relatório.

Segundo a ALL, a expectativa para suas operações ferroviárias em 2013 é “promissora, já que as condições de mercado devem ser melhores daquelas que enfrentamos em 2012”, afirmou a empresa. A companhia citou previsão de crescimento de 15 por cento na safra em sua área de atuação e melhora na atividade industrial do país.