Alemanha multa Airbus em 81 mi de euros por suposta corrupção

A multa, "aceita pela empresa", conclui uma investigação do Ministério Público de Munique, indica uma nota do organismo

A Justiça alemã anunciou, nesta sexta-feira (9), ter multado em 81,25 milhões de euros a fabricante europeia de aviões Airbus, encerrando um caso de suposta corrupção na venda de 18 aviões de combate Eurofighter para a Áustria em 2003.

A multa, “aceita pela empresa”, conclui uma investigação do Ministério Público de Munique, indica uma nota do organismo.

“O resultado das investigações do MP de Munique, em curso desde 2012, não confirmou as alegações de corrupção”, reagiu a empresa em um comunicado.

Embora os investigadores não tenham encontrado nenhuma prova concreta dos subornos para garantir o contrato da empresa, o MP avalia que a Airbus falhou em seu dever de vigilância ao autorizar a antiga de direção a realizar pagamentos de milhões de euros vinculados ao contrato com “fins que não foram especificados”.

O MP agradeceu a empresa pela cooperação na investigação e por ter estabelecido regras “que indicam que tais acontecimentos não se repetirão”.