Alcatel-Lucent tem prejuízo no 4º trimestre

A empresa registrou um prejuízo líquido de 1,37 bilhão de euros, ou 0,61 euros por ação

Paris – A Alcatel-Lucent SA confirmou nesta quinta-feira que executivo-chefe Ben Verwaayen vai renunciar ao cargo e da diretoria da empresa ao mesmo tempo em que a fabricante de equipamentos de telecomunicações informou um prejuízo líquido e queda na receita para o quarto trimestre de 2012 ante o mesmo período do ano anterior.

Verwaayen, um veterano das telecomunicações que liderou a Alcatel-Lucent desde o final de 2008, vai ficar na empresa franco-americana durante o período de transição, enquanto a companhia busca um substituto, afirmou a Alcatel-Lucent em um comunicado.

A empresa disse que Verwaayen não pretende buscar a reeleição na reunião anual de acionistas da empresa.

Verwaayen descreveu sua partida como uma “decisão difícil”, em uma declaração fornecida pela empresa, acrescentando que “ficou claro… que agora é um momento apropriado para o conselho buscar uma nova liderança e levar a empresa adiante”.

Em relação aos resultados corporativos, a empresa registrou um prejuízo líquido de 1,37 bilhão de euros, ou 0,61 euros por ação, ante um lucro líquido de 868 milhões de euros, ou 0,29 euros por ação um ano antes.

O lucro operacional ajustado, um número que exclui várias despesas, incluindo custos associados com a fusão entre a Alcatel da França e norte-americana Lucent Technologies em 2006, caiu 58% para 117 milhões de euros.

A receita caiu 1,3% para 4,10 bilhões de euros, mas foi impulsionada em parte pelos fortes gastos de provedores de telecomunicações norte-americanos, disse a empresa. As informações são da Dow Jones.