Air Liquide Brasil fornecerá oxigênio para a Suzano no Maranhão

A entrega de 160 t diárias de oxigênio terá início em 2013, quando a unidade deve entrar em operação

São Paulo – A Air Liquide Brasil, subsidiária da francesa Air Liquide investirá 25 milhões de euros para fornecer oxigênio para a unidade que a Suzano Papel e Celulose está construindo em Imperatriz (MA). De acordo com comunicado da subsidiária, a entrega de 160 t diárias de oxigênio terá início em 2013, quando a unidade deve entrar em operação. A empresa afirmou que o contrato é de longo prazo, mas não especificou a sua duração.

“O oxigênio será produzido por processos de última geração, com grandes diferenciais, como principalmente pureza e disponibilidade para as operações de deslignificação (retira a lignina da polpa), de branqueamento e de oxidação de licor branco (para redução de consumo de produtos químicos), para a produção de 1,5 milhão de t de celulose por ano”, disse a Air Liquide Brasil.