Air China retomará voos com destino à Coreia do Norte

Em 14 de abril, a companhia suspendeu seus dois voos semanais para o país, coicidindo com o aumento das tensões entre Coreia do Norte e Estados Unidos

Pequim – A Air China, única companhia aérea do país que tinha voos regulares à Coreia do Norte, anunciou nesta terça-feira que retomará suas viagens em 5 de maio, depois de três semanas de suspensão, segundo informou a televisão oficial “CCTV”.

Em 14 de abril, a companhia suspendeu seus dois voos semanais entre Pequim e Pyongyang, coicidindo com o aumento das tensões entre Coreia do Norte e Estados Unidos.

Um porta-voz da Air China, companhia que iniciou os voos à Coreia do Norte em 2009, defendeu então que a suspensão não tinha ocorrido devido a problemas políticos, senão à queda de venda de passagens nesses voos.

Nesta semana de trocas de ameaças entre Pyongyang e Washington, também reduziram ao mínimo as viagens turísticas chinesas à Coreia do Norte, muitos delas por via ferroviária.

A China é o aliado tradicional da Coreia do Norte e seu principal fornecedor de ajuda econômica, embora os laços entre os dois regimes comunistas tenham esfriado nos últimos anos, coincidindo com a chegada ao poder de Kim Jong-un.