Adidas descobre fraude contábil em suas operações na Índia

Se confirmado, escândalo corporativo poderá figurar como o segundo maior já registrado no país indiano

São Paulo – As operações da Adidas na Índia passam por uma cautelosa investigação policial, informou o Financial Times, desta quarta-feira. Segundo reportagem do jornal, as operações da companhia naquele país podem ter sido fraudadas e o valor da perda pode somar milhões.

Dois executivos na Índia já foram demitidos e são acusados pela Adidas de fraudar notas fiscais, esconder mercadorias e inventar falsos distribuidores. Se o caso for confirmado pela polícia, essa será a segunda maior fraude corporativa já registrada no país indiano.

A Adidas registrou queixa na polícia e espera que os responsáveis pela fraude sejam punidos de acordo com a lei indiana.

“Nossa queixa foi registrada e esperamos que as autoridades apliquem as devidas punições. Vamos continuar a cooperar com as autoridades em sua investigação”, disse a companhia ao FT.

Já a polícia afirma que é muito cedo para se medir a gravidade do caso e para chegar a um número exato do prejuízo. “A dimensão do caso se tornará claro, quando tivermos mais provas”, afirmou as autoridades.