Acionistas da Repsol avaliam substituir CEO, diz jornal

Antonio Brufau pode sair do cargo de CEO, segundo uma reportagem do jornal Expansión na internet

Madrid – Os acionistas da Repsol avaliam a possibilidade de substituir o atual executivo-chefe da empresa, Antonio Brufau. Essa ideia vem gradualmente ganhando forma desde que a unidade da companhia na Argentina, a YPF, foi nacionalizada, no começo deste ano, de acordo com reportagem do jornal Expansión em sua página na internet.

O banco La Caixa, o maior acionista da Repsol, com quase 13% de participação na empresa, está propondo como potencial substituto de Brufau o executivo Juan Maria Nin, atual executivo-chefe da unidade CaixaBank, embora outros acionistas estejam procurando uma pessoa com relações internacionais mais amplas, de acordo com a reportagem.

Os membros do conselho da Repsol avaliam que a mudança na liderança da companhia vai abrir um canal para diálogo com a Argentina, mas a significativa indenização que Brufau receberia é vista como um obstáculo para sua saída da empresa, disse o jornal.