Abilio diz que BRF é página virada e agora pensa em envelhecer bem

Aos 81 anos, Abilio Diniz reuniu na terça-feira mais de 600 pessoas no teatro Santander para debater qualidade de vida

São Paulo – Às vésperas da Copa do Mundo, Abilio Diniz diz que sua atual preocupação são os jogos da seleção brasileira na Rússia. O assunto BRF é página virada, “como tantas que eu virei na minha vida”. O empresário foi na última terça-feira, 15, o principal anfitrião e um dos palestrantes do evento Plenae, uma plataforma digital criada por ele e que pretende discutir longevidade e vida saudável.

Aos 81 anos, Abilio Diniz reuniu na terça-feira mais de 600 pessoas no teatro Santander para debater qualidade de vida. “No ano passado, quando completei 80 anos, decidi comemorar de forma diferente. Reuni família e amigos em Sintra, Portugal, e promovi um debate sobre como viver melhor.” Esse foi o embrião do Plenae.

Em uma programação que se estendeu das 9h às 18h, se revezaram nas palestras nomes como Alexandre Kalache, especialista em envelhecimento; Ellen Langer, referência em Mindfullness (meditação); Jeanette Bronée, da consultoria Path for Life, voltada para autocuidado; o filósofo Leandro Karnal; e o sambista Martinho da Vila. O tema principal foi bem-estar. Ao abrir o evento, Abilio disse que começou a planejar seus 80 anos aos 29 anos de idade, quando passou mal e procurou um médico.

Conhecido por opiniões fortes e por colecionar conflitos acalorados com sócios – como o grupo francês Casino, no Pão de Açúcar, ou os fundos de pensão na gigante de alimentos BRF -, Abilio adotou na terça-feira discurso de conciliação e de autoajuda. “Envelhecer é uma certeza, mas envelhecer com qualidade é uma escolha”, reforçou o empresário. A frase agradou à plateia, formada principalmente por executivos, empresários e familiares de Abílio.

Sem café

O empresário Elie Horn, dono da Cyrela, um dos convidados de Abilio, chegou ao evento dizendo que estava curioso para ouvir o que o empresário tinha a dizer sobre longevidade.

Ao longo do dia, boa parte dos convidados parecia refazer as metas diárias, como beber mais água, comer devagar e praticar mais exercícios, em rodinhas que se formavam nos intervalos para um cafezinho – que, aliás, não é bem-vindo. “Tente substituir por uma soneca”, aconselhou Bronée, da Path for Life.

“A resposta para quanto é dois mais dois não é necessariamente quatro”, defendeu Ellen Langer, especialista em Mindfullness. Convidado para encerrar o evento, o cantor Martinho da Vila deu o seu segredo para se chegar aos 80 anos: ir “devagar, devagarinho”. Foi acompanhado por toda a plateia.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s