Abengoa precisa de 826 mi de euros para ter liquidez em 2016

O grupo precisará, além disso, de outros 304 milhões de euros em 2017, segundo a apresentação dos principais pontos para seu saneamento

A gigante espanhola das energias renováveis Abengoa, à beira da falência, calcula que precisará de 826 milhões de euros para continuar funcionando em 2016, segundo um documento apresentado nesta quarta-feira.

O grupo precisará, além disso, de outros 304 milhões de euros em 2017, segundo a apresentação dos principais pontos para seu saneamento, que se traduzirá na venda de ativos para dar lugar a uma entidade menor, mas viável.

O conselho de administração aprovou este plano em 25 de janeiro. A Abengoa está em negociações com seus credores para reduzir sua pesada dívida de 9 bilhões de euros.