Zapatero se reúne com Sarkozy para analisar evolução do euro

Encontro é uma preparação para as próximas cúpulas europeias, previstas para fevereiro e março

Paris – O chefe do Executivo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, chegou nesta sexta-feira ao Palácio do Eliseu, em Paris, para analisar com o presidente francês, Nicolas Sarkozy, a situação do euro e as incertezas do mercado.

Sarkozy recebeu Zapatero na entrada do palácio, onde ambos posaram para os fotógrafos de jornais.

A reunião de trabalho, que durará cerca de uma hora, discutirá a economia, já que a França preside este ano o Grupo dos Vinte (G20, países mais ricos e principais emergentes), e a preparação das próximas cúpulas europeias, previstas para o dia 4 de fevereiro e outras para o mês de março.

Zapatero quer lançar junto a Sarkozy uma nova mensagem de confiança na moeda única, perante as turbulências da dívida soberana e que afetam os países periféricos da União Europeia (UE), entre eles a Espanha.

O encontro é realizado num momento de calma, depois que o Tesouro espanhol conseguisse emitir esta semana mais de 5,5 bilhões de euros a juros mais reduzidos que nos leilões anteriores.

No âmbito bilateral é previsível que Zapatero e Sarkozy analisem também a cooperação antiterrorista hispânico-francesa, após o anúncio do grupo separatista basco ETA de um cessar-fogo.

O presidente do Governo espanhol poderia aproveitar a ocasião para pedir o apoio da França à candidatura do ex-ministro de Assuntos Exteriores Miguel Ángel Moratinos a dirigir a Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO).