Xi fixa criação de exército de 1ª ordem para “meados do século”

Responsável por empreender uma ampla reforma das forças armadas chinesas, o presidente afirmou que deve concluir uma modernização em 2035

Pequim – O presidente da China, Xi Jinping, previu nesta quarta-feira que seu país concluirá em 2035 a modernização da defesa nacional e para meados de século “terá culminado a transformação integral do Exército Popular em um de primeira ordem mundial”.

No seu discurso de inauguração do 19º Congresso do Partido Comunista, Xi afirmou perante os quase 2.300 delegados presentes na cerimônia inaugural que o exército chinês, o maior do mundo em número de efetivos, deve “estar preparado para combater” e “deter as guerras ou ganhá-las”, bem como para controlar as crises.

Xi acrescentou que o exército – do qual ele também é máximo líder, na sua qualidade de presidente da Comissão Militar Central – deve continuar subordinado ao Partido Comunista.

Nos últimos dois anos, Xi empreendeu uma ampla reforma das forças armadas, com uma redução de efetivos para ganhar em agilidade e modernização, bem como com uma reorganização das regiões militares.

Além disso, as forças chinesas estão se modernizando rapidamente, com o desenvolvimento de porta-aviões e outros navios militares de última geração, bem como aviões de combate furtivo.