WikiLeaks divulga novos documentos, apesar dos apelos de Washington

O portal advertiu previamente o governo norte-americano sobre sua intenção de divulgar novos documentos diplomáticos confidenciais

Paris – O portal WikiLeaks advertiu previamente Washington sobre sua intenção de divulgar novos documentos diplomáticos confidenciais, mas ignorou os pedidos dos Estados Unidos para que não os publicasse, anunciou nesta quinta-feira o Departamento de Estado.

“O WikiLeaks nos advertiu sobre a divulgação iminente de informações e de sua intenção de continuar publicando documentos confidenciais”, declarou em Paris a porta-voz do Departamento de Estado americano, Victoria Nuland.

“No entanto, o WikiLeaks ignorou nossos apelos para que não publicasse ou divulgasse qualquer documento americano que pudesse ter em sua posse”, acrescentou.