Viktoria Plzen é investigado por combinação de resultado

Em 17 de março deste ano, o Plzen venceu o Baumit Jablonec por 2 a 0 fora de casa e ficaram a apenas do então líder do torneio, o Sparta Praga

Praga – O Viktoria Plzen, que na última temporada participou pela primeira vez em sua história da fase de grupos da Liga dos Campeões e disputa a atuação da Liga Europa, está sendo investigado pela Federação Tcheca de Futebol (FACR) por supostamente ter combinado o resultado um de seus jogos no Campeonato Tcheco 2011/2012.

Em 17 de março deste ano, o Plzen venceu o Baumit Jablonec por 2 a 0 fora de casa e ficaram a apenas do então líder do torneio, o Sparta Praga.

O árbitro desse jogo, Tomas Adamek, enviou uma declaração notarial à federação denunciando que uma pessoa, a qual não identificou, tentou suborná-lo para que favorecesse os visitantes, informou a FACR nesta sexta-feira em seu site.

A Comissão Disciplinar se reunirá na próxima terça-feira para definir uma possível punição, caso a denúncia proceda. Além do árbitro principal, estarão presentes o quarto árbitro, Pavel Bym, que garantiu que a tentativa de suborno aconteceu. Também foi convidado para o encontro o homem que teria tentado “comprar” a arbitragem, Martin Svoboda.

O Viktoria Plzen, que é o primeiro colocado da atual edição do Tcheco e é um dos líderes de sua chave na Liga Europa, afirmou que prefere se manter afastado do caso.

“O clube se distancia de qualquer tentativa de vinculação a um arranjo de partida ou de se ter influência sob os árbitros. Também rejeitamos qualquer vínculo com a pessoa de Martin Svoboda, que nunca foi empregado nem assessor externo do clube”, afirmou o Plzen em comunicado.

“Estamos preparados para colaborar ativamente com a Polícia da República Tcheca e a Comissão Disciplinar para que o caso seja investigado detalhadamente”, acrescentou.