Vídeo mostra policial atirando em homem negro pelas costas

O policial Michael Slager foi detido e acusado por homicídio depois da divulgação de imagens que o mostram atirando contra um homem desarmado

São Paulo – Um policial branco foi indiciado nesta semana pela morte de um homem negro desarmado na cidade de North Charleston, Carolina do Sul (Estados Unidos) no último sábado. De acordo o canal de televisão ABC News, Michael Slager foi acusado pela morte de Walter Scott depois da divulgação de um vídeo que mostra o policial atirando contra a vítima pelas costas.

Segundo a rede de notícias CNN, o policial havia parado Scott por conta de uma lanterna queimada em seu carro. Por alguma razão, os dois homens foram parar do lado de fora do automóvel. E é neste ponto que se inicia um vídeo chocante gravado por uma testemunha. O material foi entregue para a polícia e divulgado na internet pelo jornal americano The New York Times.

Tudo acontece rapidamente: Scott tenta escapar de Slager e, neste momento, o que parece ser uma arma Taser é vista caindo no chão. O policial pega a sua arma e atira várias vezes contra Scott, que corre por alguns metros até cair perto de uma árvore.

Neste momento Scott ainda está vivo e é possível ouvir Slager gritando para que coloque as mãos nas costas. Ele obedece e é algemado. O policial em seguida volta ao local de onde atirou e parece pegar o objeto que deixou cair. Caminha então novamente até o ponto onde Scott está e joga o tal objeto ao lado dele. A partir daí, a vítima já está imóvel.

Inicialmente, Slager alegou ter agido em legítima defesa, mas, com a divulgação do vídeo, seus argumentos se tornaram duvidosos. “Este vídeo demonstra exatamente o que aconteceu”, disse o prefeito local em coletiva de imprensa.

“Sem ele e sem a única testemunha, seria muito difícil de verificar o que realmente aconteceu”. Se condenado, informou a ABC News, o policial poderá enfrentar a pena de morte ou passar mais de trinta anos na cadeia.

O motivo por trás da tentativa de fuga de Scott, contou um irmão dele ao NYT, poderia ser o fato de que ele estava devendo o pagamento da pensão de um de seus quatro filhos. Ainda de acordo com o jornal, ele já havia sido preso outras vezes pela mesma razão. 

Outros casos

Nos últimos meses, os Estados Unidos registraram diversos casos de mortes de homens negros por policiais brancos, episódios que geraram protestos em todo o país contra o racismo na força policial.

Confira na integra o vídeo registrado pela testemunha. As imagens são fortes. 

http://graphics8.nytimes.com/bcvideo/1.0/iframe/embed.html?videoId=100000003615939&playerType=embed