Vídeo mostra acidente grave causado por briga de trânsito

Acidente ocorreu na última quarta-feira na cidade californiana de Santa Clarita e envolveu três veículos: uma moto, um sedã e uma caminhonete. Veja o vídeo

São Paulo – Na manhã da última quarta-feira, um grave acidente em uma rodovia nas proximidades da cidade de Santa Clarita, localizada a pouco mais de 50 quilômetros de Los Angeles (EUA), trouxe à tona os perigos de brigas de trânsito.

Um vídeo registrado por uma pessoa que transitava pela rodovia mostra o momento em que um motociclista chuta um veículo que trafegava na faixa ao lado. O motorista então joga seu carro, um Nissan, contra a moto, dando início a uma cadeia de eventos causa o capotamento de um terceiro carro, uma caminhonete.

A gravação termina com os carros parados no meio da pista, enquanto o motociclista deixa o local do acidente. Veja as imagens abaixo, elas podem chocar os espectadores mais sensíveis.

Relatos

De acordo com a rede de televisão CBS Los Angeles, Chris Traber, a pessoa que registrou as imagens, contou que o motociclista havia passado por seu carro momentos antes e que o motorista do Nissan tentava trocar de sua faixa quando, aparentemente acidentalmente, tocou na moto.

Ainda segundo a rede, o motorista do Nissan estava acompanhado do filho e relatou ter sentido medo do motociclista, que teria então exibido uma faca. Traber, por sua vez, contou que o homem na moto também parecia assustado, já que quase caiu em razão do incidente. “Tenho certeza que a adrenalina bateu no homem da moto”, especulou.

O motorista da caminhonete que capotou, um senhor de 75 anos de idade, estava a caminho do trabalho, mas não se feriu gravemente. A polícia agora tenta identificar o motociclista.

Acidentes de trânsito nos EUA

De acordo com números do National Safety Council, organização americana que busca promover a segurança em diferentes áreas, do trabalho ao trânsito, o número de fatalidades decorrentes de acidentes de trânsito nos EUA aumentou 6% em 2016 ante 2015.

O ano passado foi, ainda, o primeiro em que essas mortes superaram a marca de 40 mil em quase uma década. Ainda segundo a entidade, 4,6 milhões de pessoas que se envolveram em incidentes se feriram seriamente a ponto de ser necessário buscar atendimento médico.

Quanto aos casos de atitudes raivosas no trânsito, uma pesquisa conduzida pela NSC revelou que esses estão entre os principais temores dos motoristas do país. De acordo com o levantamento, pessoas que dirigem com raiva são a maior preocupação de 53% dos entrevistados.