Vídeo de Ai Weiwei sobre Gangnam Style é bloqueado na China

O órgão regulador da internet na China bloqueou nesta quinta-feira a paródia do sucesso viral do artista sul-coreano Psy

Pequim – O órgão regulador da internet na China bloqueou nesta quinta-feira a versão do vídeo viral “Gangnam Style” realizada pelo artista dissidente Ai Weiwei, cujo objetivo era atacar os esforços do governo em silenciar seu ativismo.

O vídeo musical de 4 minutos, paródia do sucesso viral do artista sul-coreano Psy, podia ser visto no site Tuduo chinês na quarta-feira, mas foi removido da internet pelos censores oficiais, informou Ai em seu microblog.

A paródia, no entanto, ainda pode ser vista fora da China no YouTube, que se encontra bloqueado no país.

No ano passado, Ai, 55 anos, ficou 81 dias preso. Ele está sendo oficialmente investigado por sonegação de impostos e envolvimento com pornografia na internet.

Psy, 34 anos e cujo nome real é Park Jae-Sang, virou astro internacional quando seu vídeo “Gangnam Style” – uma ode techno aos novos ricos de Seul – virou um fenômeno viral no YouTube, com mais de 530 milhões de acessos.