Vice colombiano renunciará para se candidatar à presidência

O funcionário fará um balanço de seu trabalho na vice-presidência no dia 14 de março, e anunciará oficialmente que deixa o posto

Bogotá – O vice-presidente da Colômbia, Germán Vargas Lleras, anunciou nesta quinta-feira que renunciará a seu cargo no próximo dia 14 de março, provavelmente para lançar sua candidatura à presidência nas eleições de 2018.

“É verdade, por isso estou convidando todo mundo para uma prestação de contas. Essa é a data até a qual permanecerei no cargo que ocupo”, afirmou Vargas Lleras a jornalistas.

O funcionário fará um balanço de seu trabalho na vice-presidência nesse dia, e anunciará oficialmente que deixa o posto para, aparentemente, iniciar a campanha eleitoral para ser o próximo presidente da Colômbia.

Apesar de Vargas Lleras, do partido Mudança Radical, ainda não ter oficializado sua candidatura, diversos setores dão como certo que será lançada em breve.

Para terminar o período presidencial atual, Santos anunciou que o general reformado Oscar Naranjo substituirá Vargas Lleras.

O senador Jorge Enrique Robledo, do partido Polo Democrático Alternativo (PDA) é até o momento o único candidato oficial à presidência.

O primeiro turno das eleições presidenciais da Colômbia será em maio de 2018.