Venezuela fecha fronteira com Brasil antes das eleições

Fronteiras estão fechadas desde 18 horas da quinta-feira por questões de segurança, afirmaram militares

Caracas – A Venezuela mantém fechadas desde quinta-feira suas fronteiras terrestres com a Colômbia e o Brasil por questões de “segurança” antes da realização das eleições regionais no país, informou o alto comando militar.

“A partir das 18 horas de ontem, se tomou a medida de fechar a fronteira”, informou o chefe do Comando Estratégico Operacional (CEO), o major Wilmer Barrientos, ao canal privado “Venevisión”.

“A experiência nos diz que é uma medida que fortaleceu o processo de segurança e melhora as condições na fronteira”, argumentou Barrientos, sem dar mais explicações.

Nas eleições presidenciais de 7 de outubro, as autoridades se limitaram a fechar o acesso de veículos e pedestres nas fronteiras no próprio dia da votação.

Neste domingo, os venezuelanos elegerão os governadores de 23 estados, 15 dos quais são atualmente controlados pelo Governo, sete pela oposição e um por um independente.