Venezuela, Bolívia e Colômbia parabenizam Trump por vitória

O presidente da Colômbia, afirmou que conta com o apoio de Washington para conversas de paz com as Farc

São Paulo – Na Venezuela, o governo de Nicolás Maduro parabenizou o presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, expressando que espera uma nova fase nas relações com os americanos, baseada “no respeito e na não-intervenção em assuntos internos”.

O governo venezuelano está enfrentando um aumento de críticas da comunidade internacional devido à sua profunda crise política e econômica.

O presidente da Bolívia, Evo Morales, também crítico dos EUA, também parabenizou Trump, enquanto outros líderes políticos bolivianos demonstraram preocupação.

Em seu perfil no Twitter, Morales afirmou que espera trabalhar com Trump “contra o racismo, o machismo e a anti-imigração, para a soberania de nosso povo”.

Por sua vez, o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, afirmou que conta com o apoio de Washington para conversas de paz com as Forças Armadas e Revolucionárias da Colômbia (Farc).

Com os dois lados trabalhando por um acordo de paz, o presidente colombiano afirmou que espera um apoio da administração Trump similar ao que teve do governo Obama.