Vazamento de sustância química em Shanghai mata 15 pessoas

O incidente aconteceu pouco antes do meio-dia deste sábado ao norte da cidade, no distrito de Baoshan, em uma unidade de refrigeração de uma empresa de mariscos

Um vazamento de amoníaco líquido em uma usina de refrigeração de Shanghai, a metrópole comercial chinesa, matou ao menos 15 pessoas neste sábado, anunciou a agência oficial Xinhua.

Outras 26 pessoas foram intoxicadas pela substância, indicou a agência.

O incidente aconteceu pouco antes do meio-dia deste sábado ao norte da cidade, no distrito de Baoshan, em uma unidade de refrigeração de uma empresa de mariscos, segundo os meios de comunicação locais.

A empresa, Shanghai Weng Pai Cold Storage Industrial Co., se dedica à importação e exportação de produtos do mar, segundo o seu site.

Imagens divulgadas pelo jornal local The Xinmin Evening News mostravam vários veículos dos bombeiros no local do acidente.

O governo não indicou se foram os operários ou habitantes atingidos pela substância.

O amoníaco utilizado no processo de refrigeração pode destruir rapidamente o tecido pulmonar e provocar queimaduras na pele.

Este é o segundo acidente em menos de um mês envolvendo a indústria alimentícia de Shangai.

Em 20 de agosto, cinco operários morreram após inalarem emanações tóxicas quando limpavam um recipiente de legumes em conserva, segundo as autoridades.