Vaticano faz recall de medalhas com nome de Jesus errado

As medalhas, produzidas em ouro, prata e bronze pela Casa da Moeda Italiana, foram colocadas à vendas em lojas oficiais do Vaticano

Roma – O Vaticano retirou de venda milhares de medalhas oficiais do papa Francisco depois de descobrir que traziam o nome de Jesus escrito errado.

Uma inscrição em latim ao redor da borda das medalhas, que foram produzidas em comemoração ao primeiro ano de pontificado do papa Francisco, exibia “Lesus” em vez de “Jesus”.

As medalhas, produzidas em ouro, prata e bronze pela Casa da Moeda Italiana, foram colocadas à vendas em lojas oficiais do Vaticano em 8 de outubro, mas foram retiradas dois dias depois que o erro foi descoberto, afirmou a Casa Editora do Vaticano.

A inscrição é o lema do papa Francisco, tomado de homilias de São Beda, o Venerável, em uma passagem do evangelho em que Jesus chama São Mateus para ser apóstolo.

A mensagem reproduzida no site do Vaticano é: “Vidit ergo Jesus publicanum, et quia miserando atque eligendo vidit, ait illi. ‘Sequere me'” ou “Viu Jesus um cobrador de impostos e como o olhou com sentimentos de amor e escolheu-o, disse-lhe: Segue-me.” Antes de serem retiradas do mercado, quatro pessoas compraram as medalhas com o erro, que podem alcançar um preço elevado no mercado de moedas raras, afirmou a imprensa italiana.