Vassilis Rapanos é ministro de Finanças da Grécia

Rapanos, de 65 anos, estará assistido por Christos Staikuras, 38 anos, conselheiro econômico do primeiro ministro de direita, Antonis Samaras, como ministro adjunto

Atenas – O banqueiro Vassilis Rapanos, próximo aos socialistas, foi nomeado ministro de Finanças do novo governo grego de coalizão, informou nesta quinta-feira o porta-voz Simos Kedikoglu.

Rapanos, de 65 anos, estará assistido por Christos Staikuras, 38 anos, conselheiro econômico do primeiro ministro de direita, Antonis Samaras, como ministro adjunto. O conservador Dimitris Avramopoulos recebe a carteira de Relações Exteriores deste governo de coalizão apoiado pela direita, pelos socialistas e pela esquerda moderada (Dimar).

A nova equipe deve prestar juramento às 16H00 GMT (13H00 de Brasília) antes de realizar um primeiro conselho de ministros uma hora depois, disse Kedikoglu.

Rapanos, que segundo a imprensa grega se encontra em Luxemburgo para participar da reunião do Eurogrupo, prestará juramento depois, afirmou.

A carteira de Reforma da Administração, determinante para o grande trabalho de modernização e racionalização do aparelho de Estado, deve cair sobre uma personalidade de esquerda, Antonis Manitakis.

Como pediam os armadores gregos, o gabinete, que conta com 16 ministros, inclui um novo Ministério da Marinha Mercante, que ficou com o conservador Costas Musurulis.

A equipe governamental está amplamente representada pela direita da Nova Democracia, partido vencedor das eleições legislativas de 17 junho, com uma dezena de carteiras.