US-Bangla suspende seus voos a Katmandu após acidente

Segundo a investigação preliminar, uma confusão na comunicação sobre a pista de aterrissagem pôde ter provocado o acidente

Daca – A companhia aérea US-Bangla anunciou nesta quarta-feira a suspensão indefinida de todos seus voos a Katmandu por “escassez de aviões”, depois que na segunda-feira um aparelho da companhia caiu na capital nepalesa causando a morte de 49 pessoas.

“Suspendemos os nossos voos a Katmandu desde hoje, a principal razão é a falta de aviões. Um aparelho já está fora da frota, outro está em revisão”, disse à Agência Efe o porta-voz da companhia aérea, Kamrul Islã.

A fonte precisou que seus voos à capital nepalesa, habitualmente quatro por semana, serão retomados uma vez que o avião que está sob revisão estiver ok, algo que “vai levar tempo”.

Um Bombardier Dash 8 Q400 da US-Bangla que realizava o trajeto desde Daca com 67 passageiros e quatro tripulantes a bordo, caiu na segunda-feira causando a morte de 49 pessoas (22 nepaleses, 26 bengaleses e um chinês), segundo o último balanço oferecido hoje pelo Ministério de Interior nepalês.

Segundo a investigação preliminar, uma confusão na comunicação sobre a pista de aterrissagem pôde ter provocado o acidente da aeronave, que pegou fogo.

Este é o pior acidente aéreo nos últimos 25 anos no Nepal, país que foi objeto de reiteradas sanções internacionais pela falta de controles.