Uruguai rejeita pedido de asilo do ex-presidente peruano Alan García

García estava na embaixada do Uruguai em Lima desde 17 de setembro, com um amparo provisório enquanto o caso era estudado

Montevidéu – O governo do Uruguai rejeitou o pedido de asilo do ex-presidente perano, Alan García, informou nesta segunda-feira o presidente uruguaio Tabaré Vázquez.

García estava na embaixada do Uruguai em Lima desde 17 de setembro, com um amparo provisório enquanto o caso era estudado.

A decisão tomada pelo presidente do Uruguai e pelo ministro de Relações Exteriores do país, Rodolfo Nin Novoa, se baseou em “considerações estritamente jurídicas” e no extenso relatório enviado pelo governo peruano, de cerca de mil páginas. Além disso, Vázquez indicou à imprensa, que o caso “não é perseguição política” e acrescentou que “os três poderes do Estado operam de forma autônoma e livre no Peru, especialmente o Poder Judiciário”.

García é investigado no escândalo de pagamento de propinas da Odebrecht. Como mora em Madri desde 2016, no sábado, ele foi proibido por um juiz de sair do Peru por 18 meses, enquanto as investigações acontecem. O ex-presidente concordou, mas horas depois solicitou asilo diplomático ao Uruguai argumentando perseguição política.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s