Uma morte e 296 pessoas feridas em confrontos no Cairo

Segundo o subchefe do Serviço de Ambulâncias do Ministério da Saúde, Ahmed al Ansari, o morto é um recruta chamado Anwar Samir, que levou um tiro no abdômen

Cairo – Um soldado morreu nesta sexta-feira atingido por um tiro no abdômen e outras 296 pessoas ficaram feridas nos violentos confrontos entre manifestantes e o Exército do Egito em torno do Ministério da Defesa, informaram fontes oficiais.

Segundo o subchefe do Serviço de Ambulâncias do Ministério da Saúde, Ahmed al Ansari, o morto é um recruta chamado Anwar Samir, que levou um tiro no abdômen e posteriormente foi levado para um hospital próximo.

Dos 296 feridos, 131 foram transferidos para hospitais por causa de ferimentos relacionados com o impacto de pedras, asfixia por inalação de gases tóxicos e cortes, disse Ansari à agência oficial egípcia “Mena”.