UE vai propor 1 bi de euros para metas do milênio

Dinheiro deve ser repassado a gestores de fundos em favor do desenvolvimento e a países pobres

Bruxelas – O presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, vai propor na reunião de cúpula da ONU sobre as metas do milênio, iniciada nesta segunda-feira em Nova York, uma contribuição de um bilhão de euros (1,3 bilhão de dólares) em nome dos 27 Estados do bloco.

“A União Europeia (UE) oferecerá um bilhão de euros aos países mais comprometidos na boa gestão dos fundos em favor do desenvolvimento e aos países mais pobres”, explicou a porta-voz de Barroso.

O valor ainda precisa ser aprovado pelos Estados membros e o Parlamento Europeu, que também devem definiri os países beneficiários.

Os líderes mundiais iniciaram nesta segunda-feira em Nova York uma reunião de cúpula destinada a estimular as metas do milênio fixadas há uma década para combater a pobreza, a fome e as doenças. A cinco anos da data limite, fixada para 2015, os países ainda estão longe de alcançar os objetivos.

Leia mais notícias sobre a União Europeia

Siga as notícias do site EXAME sobre Mundo no Twitter