UE sugere boicote à Copa na Rússia devido crise na Ucrânia

Um boicote europeu à Copa de 2018 foi mencionado em documento sobre sanções contra Moscou em função da crise na Ucrânia, diz fonte europeia

Bruxelas – Um boicote europeu à Copa do Mundo de futebol na Rússia em 2018 foi mencionado em um documento de trabalho sobre as sanções contra Moscou em função da crise na Ucrânia, informou nesta quarta-feira uma fonte europeia.

A ideia figura em um documento de trabalho discutido pelos Estados membros da União Europeia.

“Mas seria uma possibilidade para mais tarde, não para agora”, acrescentou a fonte.

Segundo o Financial Times, o documento fala de “uma ação coordenada dentro do G7, além de recomendar a suspensão da participação da Rússia em grandes eventos, culturais, econômicos ou esportivos (corridas de Fórmula 1, competições de futebol da Uefa, Copa de 2018, etc)”.

A Comissão Europeia deve apresentar as propostas aos Estados para reforçar as sanções contra a Rússia, acusada de ter enviado tropas para combater ao lado de separatistas pró-russos em território ucraniano.