UE pede à França que respeite os direitos dos ciganos

Bruxelas poderá aplicar sanções caso ciganos sejam desrespeitados

A Comissão Europeia pediu nesta quarta-feira ao governo francês que respeite os direitos dos ciganos, recordando que, como todos os cidadãos da UE, têm direito a circular livremente pelos Estados membros, acrescentando que, se não forem respeitados, Bruxelas poderá aplicar sanções.

A Comissão respondeu assim à polêmica desatada na França depois das declarações do ministro do Interior francês, Manuel Valls, que assinalou “o modo de vida dos ciganos como estremadamente diferentes do nosso”.

Entre 15.000 e 20.000 ciganos vivem na França e, segundo estimativas de associações citadas pela imprensa francesa, 5.000 foram expulsos do país no segundo trimestre de 2013.