UE estende sanções contra Irã devido a violações de direitos humanos

Sanções incluem o congelamento de bens, restrições de viagens e proibição de exportações de equipamentos que podem ser usados para repressão interna

Bruxelas – O Conselho da União Europeia ampliou por um ano nesta quinta-feira sanções impostas contra o Irã, chegando até abril de 2019, devido a violações de direitos humanos.

As sanções incluem o congelamento de bens e restrições de viagens para 82 pessoas e uma entidade, assim como a proibição de exportações de equipamentos que podem ser usados para repressão interna e para monitoramento de telecomunicações, disse o Conselho em comunicado.