Ucrânia diz ter libertado cidade das mãos de separatistas

O ministério do Interior da Ucrânia anunciou ter libertado uma cidade no leste do país que estava nas mãos dos separatistas pró-russos

Kiev – O ministério do Interior da Ucrânia anunciou nesta quarta-feira ter libertado uma cidade no leste do país que estava nas mãos dos separatistas pró-russos, no âmbito de sua operação antiterrorista.

A cidade de Sviatoguirsk, a vinte quilômetros de Slaviansk, foi “libertada”, indicou o ministério em um comunicado, no qual informou que a operação não deixou vítimas.

O ministério apresentou esta localidade como um ponto estratégico na fronteira de três regiões de língua russa: Donetsk, Lugansk e Kharkiv.

“Um grupo de homens armados foi localizado na quarta-feira na cidade de Sviatoguirsk”, uma localidade de 5.000 habitantes, indicou o ministério.

Já o ministro das Relações Exteriores da Alemanha, Frank-Walter Steinmeier, declarou nesta quarta-feira durante uma visita à Moldávia que se torna “cada vez mais difícil” encontrar uma solução à crise na Ucrânia.

“A cada dia (…) se torna mais difícil encontrar uma solução”, afirmou Steinmeier em uma coletiva de imprensa.

O ministro alemão também pediu que Moscou e Kiev aceitem a oportunidade oferecida pelo compromisso internacional concluído em Genebra na semana passada.