Ucrânia corta abastecimento de gás para regiões separatistas

Segundo estatal, suprimento foi interrompido após ataques de rebeldes a gasodutos

Londres – A Naftogaz, empresa estatal de energia da Ucrânia, informou nesta quinta-feira que interrompeu as exportações de gás natural para o leste do país, onde rebeldes separatistas danificaram oleodutos em ataques contra as forças de Kiev.

“O suprimento de gás natural para a zona de operação antiterrorista no sudeste da Ucrânia foi interrompido em 18 de fevereiro após numerosos ataques e danos críticos aos gasodutos”, informou a empresa em um comunicado.

No entanto, salientou a empresa, os danos contra os gasodutos não terão impacto no gás que é exportado para a Europa, uma vez que as linhas que levam a commodity para o ocidente europeu passam pelo norte do país.

A Naftogaz disse ainda que não tem certeza quando se pode retomar o fornecimento de gás para o sudeste da Ucrânia devido a “hostilidades em curso na região”.