Turquia suspende Convenção de Direitos Humanos

O governo explicou que a suspensão será feita em alusão às medidas tomadas com a declaração do estado de emergência no país

Ancara – O governo da Turquia anunciou nesta quinta-feira a suspensão da Convenção Europeia de Direitos Humanos enquanto durar o estado de emergência que começou hoje, um período que poderia ser de 20 ou 45 dias, menos do que os três meses anunciados.

Numan Kurtulmus, vice-presidente do Governo, explicou que a suspensão da Convenção será feita “como na França”, em alusão às medidas tomadas nesse país com a declaração do estado de emergência por causa dos atentados terroristas dos últimos meses.