Turquia nega uso de espaço aéreo para bombardeios na Síria

Espaço aéreo turco e a base de Incirlik não foram utilizados para os bombardeios da coalizão internacional na Síria, disse fonte oficial turca

Ancara – O espaço aéreo turco e a base de Incirlik (sudeste) não foram usados nos bombardeios da coalizão liderada pelos Estados Unidos contra o grupo Estado Islâmico (EI) na Síria, afirmou uma fonte oficial turca, que não quis ser identificada.

O Observatório Sírios dos Direitos Humanos (OSDH), por sua parte, afirmou que os ataques foram realizados por aviões procedentes da Turquia.

Estes bombardeios tiveram como alvo posições dos jihadistas nos arredores da cidade curda de Ain al Arab (Kobane em curdo), sitiada pelo grupo jihadista, informou o ODSH.

O avanço nesta zona provocou uma fuga em massa de 140.000 civis para a Turquia desde a semana passada.

O presidente turco Recep Tayyp Erdogan declarou, por outro lado, que seu país poderá dar apoio militar às operações contra o EI.

*Atualizada às 11h04 do dia 24/09/2014