Turquia emite mandado de prisão contra sauditas pela morte de Khashoggi

Segundo a promotoria de Istambul, dois altos funcionários supostamente ligados ao assassinato são próximos do príncipe herdeiro

Istambul – A Promotoria de Istambul emitiu nesta quarta-feira um mandado de prisão para os altos funcionários sauditas, Ahmed Asiri e Saud al Qahtani, pela suposta ligação com o assassinato do jornalista dissidente Jamal Khashoggi no consulado da Arábia Saudita, na cidade de Bósforo (Turquia), de acordo com informações da televisão pública turca “TRT”.

O mandado de prisão contra os dois altos funcionários, supostamente próximos ao príncipe herdeiro saudita, Mohammad bin Salman, diz que eles são dois dos responsáveis por planejar o assassinato, segundo a TRT.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s