Turquia bloqueia acesso ao Twitter

Bloqueio ocorre depois de o primeiro-ministro, Tayyip Erdogan, ameaçar expulsar a rede social

Ancara – A Turquia bloqueou o acesso ao Twitter horas depois de o primeiro-ministro, Tayyip Erdogan, ameaçar expulsar a rede social.

Nas últimas semanas surgiram vários links para gravações contra Erdogan, incluindo uma na qual ele supostamente fala para o filho se desfazer de grandes quantidades de dinheiro guardado dentro de casa em meio a uma investigação policial. Erdogan alegou que a gravação foi fabricada.

Em um comício eleitoral na quinta-feira, o primeiro-ministro prometeu tomar passos contra o Twitter independentemente do que a comunidade internacional disser. De fato, na manhã de sexta-feira, no horário local, muitos usuários que tentaram acessar a rede social foram confrontadas com uma mensagem da autoridade das telecomunicações, citando uma ordem judicial para o aparente fechamento do site.

O porta-voz do Twitter Nu Wexler disse que a companhia estava analisando a situação no momento.

A vice-presidente da Comissão Europeia, Neelie Kroes, classificou a atitude do governo turco como “sem fundamento, sem sentido e covarde”. “O povo turco e a comunidade internacional verão isso como censura. E é”, publicou em seu Twitter. Fonte: Associated Press.