Trump visitará Flórida na quinta para avaliar danos após furacão

Pelo menos 10 mortes no país estão sendo imputadas ao "Irma" e numerosas cidades na Flórida ficaram parcialmente inundadas

Washington – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, visitará a Flórida na quinta-feira para avaliar os danos causados pelo furacão “Irma” nesse estado, o mais afetado pelo ciclone, anunciou nesta terça-feira a Casa Branca.

A porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, confirmou na sua coletiva de imprensa diária a visita de Trump à Flórida.

O centro do olho do furacão “Irma” tocou terra na primeira hora do domingo passado no arquipélago de Flórida Keys com ventos de 215 quilômetros por hora, segundo dados do Centro Nacional de Furacões (NHC) dos EUA.

Pelo menos 10 mortes no país estão sendo imputadas ao “Irma” e numerosas cidades na Flórida ficaram parcialmente inundadas, como Miami Beach e Jacksonville.

Após passar para o estado da Geórgia já como tempestade tropical, “Irma” é agora um ciclone pós-tropical e se situa sobre o Alabama.

“A devastação deixada pelo furacão ‘Irma’ foi muito maior, pelo menos em certos lugares, do que todos pensavam, mas (há) pessoas incríveis trabalhando duro”, escreveu Trump em sua conta do Twitter na manhã de hoje.

O presidente americano também pretende visitar em breve as Ilhas Virgens, outro dos territórios americanos mais afetados por “Irma”, segundo indicou nesta segunda-feira o governador Kenneth Mapp, ainda que essa viagem nem a possível data ainda tenha sido confirmadas pela Casa Branca.