Trump vence e se consolida como presidente dos EUA

Em vitória histórica, empresário republicano assegurou os 270 votos necessários para garantir a sua eleição e a sucessão de Barack Obama

São Paulo – O empresário Donald Trump, do Partido Republicano, surpreendeu o mundo ao garantir os 270 votos necessários para se eleger o 45° presidente dos Estados Unidos. A informação é da agência de notícias Associated Press.

A vitória vem depois de meses de uma corrida eleitoral escandalosa e uma apuração disputadíssima contra a democrata Hillary Clinton. O sucessor de Barack Obama assumirá a liderança da maior potência do mundo no dia 20 de janeiro de 2017.

Reação de Hillary

Derrotada, Hillary Clinton, por meio de seu porta-voz John Podesta, disse que não falará por enquanto, atrasando a realização do tradicional discurso de concessão no qual o candidato vencido que reconhece os resultados do pleito. Em discurso após vitória, Trump disse que democrata ligou para parabenizá-lo.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Roberto Sanchez

    Caiu a máscara da grande mídia (esquerdista)… que usou e abusou de mentiras e desinformação para derrubar Trump e eleger a Hillary (= Dilma)… Agora se preparem para Bolsonaro 2018… vai ser a mesma coisa.

    1. Daniel Anselmo

      Verdade!

    2. Gabriel Costa Campos

      Mídia esquerdista? Ao menos em contexto nacional, a mídia foi grande difusora de todo o processo que queria derrubar a presidente Dilma (não estou dizendo que ela não é culpada, apenas que a mídia divulgou sim, o contrário do que faria uma mídia esquerdista). É importante notar que candidatos como Trump e Bolsonaro não são a solução para os problemas de nossa sociedade, eles apenas se aproveitam de momentos de crise e do medo da população, além do senso comum da maioria e proposição de medidas radicais, para chegarem ao poder. Pode parecer um pouco exagerado, mas não se esqueça que a história está permeada de momentos em que, quando os países estavam passando por crises, surgiram candidatos nacionalistas ao extremo, preconceituosos, e sempre deu no que deu: nazismo, socialismo soviético, dentre tantos outros. Não precisamos escolher entre direita e esquerda, precisamos lutar pelo bem de toda a sociedades, assegurar a liberdade e a dignidade de todos os indivíduos, assegurar a educação, a saúde, a cidadania.

  2. Roney Calazans

    “Não acho que quem ganhar ou quem perder, nem ganhar nem perder, vai ganhar ou perder. Vai todo mundo perder.” – Dilma Rousseff.

    1. Douglas Spínola

      Estou rindo demais deste comentário!
      LOL
      Eu vi o vídeo em que ela disse esta frase, kkkk, eu não sabia se eu tinha ouvido errado ou estava ela realmente dito isso…