Trump se solidariza com vítimas de tiroteio em redação de jornal nos EUA

Autoridades anunciaram que pelo menos cinco pessoas morreram e várias outras ficaram gravemente feridas no tiroteio, e que havia um único suspeito detido

Washington – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, se solidarizou nesta quinta-feira com as vítimas do tiroteio ocorrido em um jornal de Annapolis (Maryland), onde pelo menos cinco pessoas morreram.

“Meus pensamentos e minhas orações estão com as vítimas e suas famílias. Obrigado a todos os integrantes dos serviços de emergência que estão atualmente na cena” do crime, escreveu o governante americano no Twitter.

Trump, que hoje realizou uma visita à cidade de Milwaukee, disse que foi informado do tiroteio antes de sua saída do estado de Wisconsin, onde se localiza esta cidade.

As autoridades anunciaram hoje que pelo menos cinco pessoas morreram e várias outras ficaram gravemente feridas no tiroteio, e que havia um único suspeito detido.

O tiroteio aconteceu nas dependências do jornal local “Capital Gazette”.

Annapolis, capital de Maryland, é uma cidade de 40.000 habitantes que está situada 50 quilômetros ao leste de Washington e na qual se encontra uma importante base da Marinha americana. 

Veja também