Trump recebe 30 mil convidados na Casa Branca para buscar ovos de Páscoa

Donald Trump aproveitou a oportunidade para discursar e dizer que os Estados Unidos "está se saindo muito bem"

Washington — O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e a primeira-dama, Melania Trump, receberam nesta segunda-feira, 22, mais de 30.000 convidados que foram à Casa Branca para buscar ovos de Páscoa escondidos entre seus jardins, uma tradição que completa 141 anos.

A celebração anual, conhecida como “Easter Egg Roll”, transforma milhares de meninos e meninas em convidados especiais da residência presidencial americana, já que durante o dia todo participam de uma brincadeira que consiste em encontrar ovos coloridos espalhados pelos arbustos do grande jardim.

“Realizamos isto há 141 anos, não lembro a primeira vez, mas, durante estes três anos, passamos muito bons momentos”, disse Trump, acompanhado na Varanda Truman pela primeira-dama e um sorridente Coelho da Páscoa, ao dar as boas-vindas às milhares de famílias que fizeram fila desde cedo para poder brincar no jardim da Casa Branca.

Veja também

Trump agradeceu publicamente sua esposa Melania pela organização do evento: “Trabalhou muito duro nisto e sem ela não teria sido igual. Está tudo tão lindo como nunca tinha visto antes”.

Antes dar a largada para a busca de ovos, Trump aproveitou a ocasião para defender sua liderança à frente dos EUA: “Nosso país está se saindo muito bem”, declarou, ao destacar o baixo desemprego, a redução de impostos e seu investimento no exército.

Depois do discurso, o casal desceu da varanda para se reunir com os convidados, conversar e tirar fotos.

Durante essas conversas, uma das crianças perguntou a Trump pela construção do muro na fronteira com o México. “Oh, já está acontecendo. Está sendo construído agora”, respondeu Trump.

“Aqui há um jovem que me disse: ‘Continue construindo o muro!’. Podem acreditar nisso? Ele será um conservador algum dia”, contou o presidente aos jornalistas.

Nos arredores da Casa Branca, as famílias esperaram durante horas para entrar no complexo, através de uma ordenada fila que chegava até o obelisco de Washington.

“Vivo nos arredores da capital e quando era pequena vim à Casa Branca com meus pais em várias segundas-feiras de Páscoa. Agora quero que meus filhos também desfrutem deste lindo evento pela primeira vez”, relatou uma mãe enquanto esperava sua vez junto com seus dois filhos.

Desde 1878 é realizada esta festividade, muito arraigada em Washington e iniciada pelo presidente Rutherford B. Hayes (1877-1881), quando um grupo de crianças se aproximou em uma segunda-feira de Páscoa da porta da Casa Branca para perguntar se podiam brincar ali.

O presidente Hayes disse a seus guardas que deixassem as crianças entrar, já que o Congresso tinha proibido as famílias de brincarem nos arredores do Capitólio por temor de que danificassem a paisagem.

E assim se iniciou uma tradição que todos os presidentes da história dos EUA respeitaram.