Trump propõe pagar US$ 20 milhões ao México para que expulse imigrantes

Governo americano propôs ao Congresso usar verba de assistência ao estrangeiro e financiar transporte e processo de deportação de pelo menos 17 mil pessoas

Washington – O Governo do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, propôs pagar ao México US$ 20 milhões para que expulse milhares de imigrantes ilegais, informou nesta quinta-feira à Agência Efe o Departamento de Segurança Nacional.

“Esta proposta é parte de um esforço multidisciplinar para combater a crise em nossa fronteira sul”, afirmou à Efe a porta-voz desse Departamento, Katie Waldman.

A Administração de Trump propôs ao Congresso usar US$ 20 milhões de assistência ao estrangeiro e direcionar a verba para ajudar o México a financiar transporte e processo de deportação de pelo menos 17 mil pessoas que se encontram em seu território de forma ilegal.

“Estamos trabalhando estreitamente com nossos parceiros mexicanos para combater o aumento das detenções na fronteira, com 38% mais de famílias detidas no mês de agosto, a fim de assegurar que quem tenha pedidos legítimos tenham proteções apropriadas”, argumentou a porta-voz.

A proposta foi feita depois que nos dois últimos anos Trump tenha reiterado várias vezes que será construído um “grande muro” na fronteira sul e que o México pagará por ele.

De acordo com a porta-voz, a medida teria o objetivo de aliviar os fluxos migratórios que chegam aos EUA pela região da fronteira sul.

Fontes legislativas também confirmaram nesta quinta-feira à Efe a iniciativa apresentada pelo Executivo.

Em comunicado, o diretor da organização sem fins lucrativos americana Fórum Nacional de Imigração, Ali Noorani, considerou que a proposta “não é política, é desespero”.

Este novo passo está sendo dado dentro de um contexto no qual o Governo tentou impulsionar diferentes estratégias para reduzir a imigração, incluindo as políticas de “tolerância zero” e separação de famílias com crianças, que buscam um efeito dissuasório.