Trump pode escolher bilionário do petróleo para comandar Energia

Além de Cramer, Trump também está considerado o investidor Robert Grady como possível secretário de energia

Washington – O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, considera os nomes do bilionário do setor de petróleo Harold Hamm e do republicano da Dakota do Norte, Kevin Cramer, para o Departamento de Energia do país.

Trump também está considerado o investidor Robert Grady como possível secretário de energia, de acordo com um documento da equipe de transição do republicano, obtido pela Associated Press.

Grady já trabalhou, anteriormente, com o George H.W. Bush, e também é citado como um possível nome para o Departamento do Interior.

O documento também incluiu as prioridades energéticas e ambientais para o governo Trump, incluindo a revogação do Plano de Energia Limpa.

O plano foi introduzido pela administração de Barack Obama e visa limitar a emissão de carbono das fábricas. Atualmente, o plano aguarda uma decisão judicial.

O documento diz que, se o tribunal não decidir até que Trump tome posse, a administração republicana irá pedir que o plano seja rejeitado.

Fonte: Associated Press.