Trump irá a Paris para desfile de celebração do fim da 1ª Guerra Mundial

Trump anunciou que vai acompanhar o desfile em Paris, depois que a comemoração americana foi cancelado por conta dos altos custos

Washington – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou nesta sexta-feira que viajará a Paris em 11 de novembro para comemorar o armistício da Primeira Guerra Mundial de 1918.

“Irei ao desfile de Paris de celebração do fim da Guerra, em 11 de novembro”, afirmou Trump em sua conta do Twitter.

O líder afirmou, além disso, que havia “cancelado” o desfile militar em Washington que estava previsto para essa mesma data em novembro, coincidindo com o Dia dos Veteranos nos EUA, devido aos custos excessivamente elevados colocados pelas autoridades da cidade.

“Talvez façamos algo no próximo ano quando a conta for bem mais baixa”, acrescentou.

A decisão de adiá-lo foi anunciada no mesmo próprio dia em que foi vazado aos veículos de imprensa que o custo do desfile superava os US$ 92 milhões, mais do que o que havia sido orçamentado inicialmente.

Trump pediu em fevereiro ao Pentágono que o organizasse depois de ficar maravilhado no ano passado, em Paris, com o desfile militar de 4 de julho, Dia da Bastilha.

Os Estados Unidos não organizaram um desfile militar a grande escala desde junho de 1991, depois de ganhar a primeira Guerra do Golfo e com o republicano George H. W. Bush na Casa Branca.